Postagens

O que é a autoajuda?

Imagem
O crescente fenômeno da autoajuda (autossabotagem) no fundo é um projeto social ideólogo na formação de pseudo-consciência, ou melhor dizendo, é uma consciência antístrofe, caracterizada como:
1) fragilizada;
2) ingênua-frustrante;
3) de felicidade efêmera;
4) para a alienação capitalista.

FOUCAULT - arqueologia discursiva

Imagem
FOUCAULT 1926-1984 arqueologia discursiva –método üontologia do presente; üarqueologia do saber; ügenealogia do poder;
Ao diluir o que temos como saber (episteme) chegamos ao discurso e neste teremos a história como ferramenta de episteme e o própria saber. Tudo é discurso. Não é conteúdo e sim forma. Não neutro, não centralizado, não homogêneo, mas é poder. Logo, é preciso uma arqueologia discursiva para entender as coisas.  O discurso está cristalizado e apenas com um sentido investigativo, aprofundar, ‘cavar’, podemos conhecer/(re)pensar o que é transformado em saber.  O discurso pode ser entendido como a forma em que pensamos e representamos o pensado construído como verdade. O discurso não é formado por apenas um elemento, uma intenção, um contexto... por isto para compreendê-lo é preciso arqueologia do saber. O discurso é composto por um conjunto de regras, nem sempre consciente, se dá por fluxos e geralmente fixado pelas condições históricas. O que é tornado como fato, documento, tr…

Quanto tempo falta pra gente

Imagem
Quanto tempo falta pra gente se ver hoje.

Quanto tempo falta pra gente se ver logo.

Quanto tempo falta pra gente se ver todo dia. Quanto tempo falta pra gente se ver pra sempre.
Quanto tempo falta pra gente se ver dia sim dia não.
Quanto tempo falta pra gente se ver às vezes.
Quanto tempo falta pra gente se ver cada vez menos... Quanto tempo falta pra gente não querer se ver.
Quanto tempo falta pra gente não querer se ver nunca mais...
Quanto tempo falta pra gente se ver e fingir que não se viu. Quanto tempo falta pra gente se ver e não se reconhecer...
Quanto tempo falta pra gente se ver e nem lembrar que um dia se conheceu.

texto por Bruna Beber

Vou matá-lo!

Vou te matar em mim... 
ou lhe dar outros significados... 
Este é um processo doloroso... mas já tive a necessidade de fazê-lo com outros.
Por golpes de racionalidade, em uma mistura de tortura e automutilação... mecanismo de defesa com covardia... te matarei e lhe transformarei em lembranças sem saudades.
Vou afastar-me do seu corpo e te cristalizar apenas como parte das minhas lembranças. Uma parte... não insignificante, mas também nada totalizante... apenas uma das várias lembranças que me compõem.
E com o tempo te convocarei cada vez menos para participar dos meus pensamentos. 
E ao deixar de lembrar na mesma frequência ganhará novos significados... Foi assim... e assim será novamente.  Talvez com maiores facilidades por já ter trilhado por esses rumos.
Vou te dar um lugar de direito... digno dos encantos que você despertou em mim... o seu lugar no passado...
Quero que você passe. E passe bem.

Hoje te matar parece mais previsível...  defensível. já fiz isso tantas vezes...  já mat…

Questões sobre o início da modernidade filosófica

1.           Quais fatores, históricos e sociais,  marcam o início da modernidade filosófica? Justifique.

2.           O que é a transição do teocentrismo para o antropocentrismo?

3.           O que foi o renascimento?

4.           Dos filósofos renascentista responda:
a)           Qual a principal obra de Maquiavel e do que se trata?
b)           Comente o significado da frase “os fins justificam os meios” na filosofia de Maquiavel.
c)            Tratando do pensamento de Maquiavel, quais características deve ter o bom governante?
d)           Quem foi Francis Bacon e qual a sua principal contribuição para a filosofia moderna?
e)           O que é, e como se divide a Teoria dos ídolos para Francis Bacon?

5. O que é a revolução copernicana cientificista?

6. Em que constituiu os pensamentos de Galileu Galilei, e qual a relação dos mesmos com o pensamento moderno?

7. Quais são as  duas principais teorias modernas do conhecimento e o que estas dizem?

8. Quais as ligações da Reforma Protestant…

Questões sobre os pré-socráticos e o início da história da filosofia ocidental

Imagem
Φιλοσοφία,   do grego filo+sopho = amor ao saber, é o estudo de problemas fundamentais relacionados à existência, ao conhecimento, à verdade, aos valores morais e estéticos, à mente e à linguagem. (Teichman, J.; Evans, K. C. Philosophy: a beginner's guide. 3rd ed. Oxford: Blackwell.)
A filosofia surge na Grécia no final do século VII e no início do século VI a.C. Dentre as condições históricas para o seu surgimento, destacam-se o desenvolvimento das viagens marítimas e a invenção da política.
Pitágoras, natural de Samos, é uma personalidade pluridimensional, que relaciona a matemática com a filosofia, reconhecendo à primeira um papel indispensável em nossa compreensão do universo.” (GUERREIRO, MARIO AL. Pré-socráticos: a invenção da filosofia. Papirus Editora, 2000.) Segundo Pitágoras a matemática seria o melhor caminho filosófico. Da harmonia das coisas ele diz: “O número é regente das formas e da ideia.” Além da “eternidade do Números”, o pensador e seguidores, deixam ao mundo o…

6. Filosofias Helenísticas (Síntese da História da Filosofia - Prof Ít...

Imagem