Minhas Emoções de hoje

Eu gosto de mergulhar melhor nas minhas tristezas.
Mesmo quando elas não fazem sentidos...
Mesmo quando não sei dar nome a ela.
Gosto de vivenciá-las na intensidade que é própria da melancolia de quem sabe sorrir e sabe chorar.

Nessa vivência quase sempre não espero superação.
O que desejo e o que busco é a intensificar o que é meu.

Muitas vezes é vazio,
Outras excessos.

Eu dou atenção as minhas emoções.
Pouco entendo de quem não sabe ter e administrar emoções.
Isso não me faz melhor do que ninguém. Acho que nem pior.

Minha tristeza hoje é pergunta.
Ontem foi resposta.
Penso o que sinto, sinto o que penso.
Confundo-me... Concluo. Existo.

Ao meu redor: outros.
Diante e ao meu lado: os meus.
Em mim: eu.
No tudo: O Tudo. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Questões respondidas sobre Platão - Por prof. Ítalo Silva

Questões respondidas sobre o Iluminismo

Preleção da intolerância sangrenta...